O AMÉRICA PRECISA DE REFORÇOS PARA A SÉRIE A. VOCÊ É UM DELES!

Publicado em América, Futebol
torcida america independencia
Foto: Ramon Lisboa/EM/D.A. Press

(Fred Thompson)

É uma constante, torcedores e analistas falam em reforços, até mesmo para elencos milionários, como os dos nossos rivais. Parte desta ânsia por novos jogadores se deve ao mau futebol jogado nos dias atuais, outra se deve a um imediatismo que exige bons resultados rápidos e constantes – não se tem paciência com adaptação de jogadores, tampouco com técnicos.

A consequência disso é um interminável trânsito de jogadores, coisa que ocorre no América há alguns anos. Neste ano, por exemplo, o Coelho trouxe Romário e Cesinha, que vieram e saíram, sem entrar sequer um minuto em campo.

Nos anos anteriores, e nos tempos de parceria com o influente empresário da bola Eduardo Uram, o fluxo de jogadores era muito maior, com passagens de “craques” como Betinho, Élvis, Juninho, Darley e Júnior Negão.

Mas, há casos em que a necessidade de reforços é evidente, e o América infelizmente é um deles. No entanto, a expressão reforço está banalizada. Para jogarmos o Brasileirão, precisamos de reforços de verdade, pois não é qualquer contratação que traz benefícios ao clube.

E onde o América precisa se reforçar? Em todos os setores!

joao ricardo america
Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A. Press

Entre as 4 linhas

O primeiro reforço está nas balizas. Trata-se da manutenção de João Ricardo no gol, sem dúvidas, atualmente um dos melhores da posição no Brasil.

Na defesa, a carência se apresenta nas laterais. O Coelho fez uma boa aposta ao contratar Hélder, eleito o melhor lateral do Campeonato Gaúcho pelo Juventude. Mas, com a liberação de Bryan, trazer um lateral esquerdo é importante, já que Danilo mostrou-se melhor no meio e pouco confiável defendendo.

No meio, como a maioria dos clubes brasileiros, o América está recheado de volantes. Carecemos de criatividade no setor, alguém que arme o jogo. Rafael Bastos, Tiago Luis e Tony não têm essa característica, os dois últimos rendem mais se jogarem abertos. Matheuzinho pode ser uma esperança, mas precisa receber oportunidades de Givanildo.

No ataque, um centro-avante para tomar conta da posição. Victor Rangel finaliza bem, mas não resiste às investidas físicas de zagueiros, não prende a bola e não tem velocidade. O outro da posição, Borges, apresenta um longo histórico de contusões. No esquema armado por Givanildo é imperativo a presença de um jogador mais forte e rápido na posição.

Fora das 4 linhas

Por fim, existe mais um setor que precisa de reforço urgentemente: a arquibancada! Embora apresente várias carências no time, 2016 é um ano importante para o Coelhão, que foi Campeão Mineiro e está na Série A.

A diretoria está tentando. Na partida contra o Fluminense ocorreram ações de marketing interessantes. Portanto, o torcedor tem o dever de comparecer mais ao Independência, é hora de sair do sofá e deixar o pay-per-view para jogos fora de casa!

Americano, vá ao campo!

Siga o blog no Facebook e no Twitter

4 comentários para “O AMÉRICA PRECISA DE REFORÇOS PARA A SÉRIE A. VOCÊ É UM DELES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *