O HORTO NADA PODE FAZER

Publicado em Atlético, Futebol
indepa blog
Foto: Bruno Cantini/Divulgação

(Vinicius Andrade)

Quem caía no Horto estava morto. Bons tempos. O caldeirão continua fervendo, mas os adversários pouco se importam. Será que desenterraram a cabeça do marreco? Que me desculpem os supersticiosos, mas a mística do Indepa nunca existiu. A magia estava na genialidade de R10, nas mãos e no pé esquerdo de Victor, nas cabeçadas de Réver e Leonardo Silva, na garra de Pierre e Donizete, na metralhadora de Tardelli, na explosão de Bernard e nos arremates de Jô.

Não quero bancar o mal agradecido. Independência, segundo o dicionário, é sinônimo de libertação. Mera coincidência? Claro que não. O Galo se emancipou de anos sombrios com um bicudo de canhota aos 47 do segundo tempo, justamente no estádio da libertação, no ano da Libertadores. Mas que fique claro: o milagre foi no Horto, e não do Horto. Até na Arena do Jacaré aquele time seria capaz de realizar o impossível.

Não nos esqueçamos que a conquista sublime de 2013 foi sacramentada no Mineirão, assim como as viradas gloriosas sobre Corinthians e Flamengo. Quando o time é bom, ganha em qualquer lugar. Quando o time é ruim, perde em qualquer lugar. Quando o Hyuri é a esperança, você sente saudade até do Patric.

Não existe mística ou aura capaz de convergir a favor de uma equipe totalmente desmantelada. Nenhum elenco no mundo é forte o bastante para suprir a ausência de oito titulares (Leo Silva, Erazo, Douglas Santos, Dátolo, Cazares, Luan, Robinho e Pratto). Azar seria uma definição simplória para justificar as ausências. O Departamento Médico do Atlético precisa dar uma explicação. Daqui a pouco será preciso tirar um torcedor da arquibancada para completar o time.

O atleticano se acostumou a depositar as confianças no Independência. “Lá, tudo se resolve”. Resolvia. A bola não passa mais pelos pés de Ronaldinho, Tardelli ou Luan. Enquanto o DM segue recebendo reforços, as jogadas ficam a cargo de Hyuri, Pablo e Capixaba. E nesse caso, o Horto nada pode fazer.

Siga o blog no Facebook e no Twitter

9 comentários para “O HORTO NADA PODE FAZER

  1. O Inter com o Aguirre passou pelos mesmos problemas de lesões no ano passado. Coincidência, ou não? Espero que mude com a chegada do Marcelo, e o time recupere a tempo para sairmos da fila do brasileiro. Temos condições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *