SEM VITÓRIAS, SEM GOLS, SEM VERGONHA, SEM PLANEJAMENTO E SEM COMANDO. PARABÉNS, DIRETORIA!

Publicado em América, Futebol
america mineiro demite o treinador sergio vieira
(América Mineiro/Reprodução)

(Fred Thompson)

Diretoria quer mostrar serviço? Na verdade quer isentar-se de culpa, manda embora o treinador, segundo em 17 rodadas, e contrata jogadores quando a situação já está praticamente irreversível.

A verdade é que, Anderson Racilan,Euler Araújo, Fabiano Horta, Francisco Santiago, Marco Antônio Batista, Paulo Brant, Paulo Lasmar, Teodomiro Braga e principalmente o político falastrão, Alencar da Silveira Junior são os culpados pela vergonha que o torcedor americano sente no momento.

O planejamento:

Venda e não renovação de jogadores importantes: Richarlison, Toscano, Wesley Matos e companhia foram embora. O dinheiro que poderia ser gasto na manutenção de peças-chave do elenco foi gasto em jogadores de baixíssimo nível técnico ou pouco comprometimento, como Tiago Luís, Sueliton, Adalberto, Maranhão, entre outros (cadê os pilares?).

Além  de jogadores ruins, a diretoria trouxe o glorioso Sidiclei, que viajou pela América do Sul em busca de reforços e contratou Cardoso, um zagueiro que atuou no poderoso campeonato do Azerbaijão (que se não me engano fica bem longe do nosso continente).

Sabemos que o Coelho não possui o mesmo poderio financeiro de seus rivais, mas montar um time fraco, com o campeonato em andamento só pode ser chamado de planejamento por um presidente que tem mais preocupações e faturar votos nas horas boas, aparece no título e em contratações. O mesmo evita aparecer nos momentos negativos para não arranhar sua imagem. Quando ele dá as caras, as explicações são insatisfatórias e os argumentos vazios – típico do político brasileiro.

A falta de verba só reforça que o América deveria ter um time formado no início do ano, no mais tardar na reta final do Campeonato Mineiro, antes do Brasileirão começar. Pelo visto, o famigerado planejamento era colocar o América na história, como o pior a ter disputado a competição em todos os tempos. Parabéns aos envolvidos!

Demitir Sérgio Vieira foi mais um ato covarde. Visto que trata-se de uma atitude que visa jogar toda a responsabilidade nele, assim como Givanildo (este, também culpado, pois participou na montagem do elenco), ele foi vítima da pífia diretoria, que preocupa-se muito com patrimônio e pouco com futebol e torcida.

No entanto, Sérgio leva em seu currículo um erro que Givanildo também cometeu no Coelho, a manutenção de jogadores fracos ou desmotivados. Vamos aos exemplos:

Osman já demonstrou não ser determinado, falta vontade, embora seja bom jogador.

Adalberto mostrou que não tem nível para jogar sequer um campeonato de várzea, o zagueiro entrega pelo menos um gol por jogo (contra o Santa Cruz ele tentou, e muito).

Antes que eu me esqueça, Alan Mineiro com a camisa dez é piada de mal gosto.

Outro jogador que precisa deixar o América ou ter um papel menor no elenco é Leandro Guerreiro. Sua lentidão na marcação e cobertura, combinada à incapacidade de acertar um passe trava a saída de bola do time. A reformulação do time começaria pela sua saída.

Pacote de reforços:

Mais uma vez a diretoria erra. Espera chegar ao fundo do poço para agir. Juntamente com a demissão de Vieira, o pacote de reforços (Mugni, Michael, Nixon e Loboa) dá a impressão de que o intuito é eximir-se de culpa. Fosse no início da temporada, poderiam ser boas alternativas.

A posição da tabela deixa evidente, está tudo errado no América, que continua a ser brinquedo de dirigentes. O clube é uma caixa preta para os torcedores, que não têm acesso às informações e não recebem satisfações. Ora, a torcida é a razão do clube existir!

Talvez seja a hora de democratizar a direção do time, eleger presidente com pleito envolvendo sócios e pessoas envolvidas com o clube. Não podemos ficar na mão dos  9 poderosos, que encontram-se num momento tão ruim quanto os 11 em campo.

Siga o blog no Facebook e no Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *