Quem é o comendador Honório Carneiro, que dá nome a uma escada no bairro Cruzeiro

Publicado em

O senhor Honório Carneiro, de 91 anos, tem inúmeras comendas e medalhas. Por isso, conhecidos e amigos o chamam de comendador. Se isso não bastasse, em 1997, o filho de Ubá, município da zona da mata mineira, recebeu mais uma homenagem. E essa ficaria marcada para a eternidade de Belo Horizonte.

Uma escada que liga a rua Jornalista Jair Silva, no bairro Cruzeiro, à avenida Afonso Pena, foi batizada com o seu nome. No local, há um painel  revelando uma breve biografia do homenageado e, claro, uma placa: “Escada Comendador Honório Carneiro”. “Teve um foguetório e uma grande festa que parou a avenida Afonso Pena”, diz o senhor, que morou na rua Jornalista Jair Silva por 10 anos.

A homenagem foi motivada por um artigo que escrevera na época para um jornal de Ubá. O texto, intitulado “Eu e meus 40 degraus”, conta a história da escada que era o caminho obrigatório que Honório percorria até o trabalho e para um bar perto dali, o Canto de Minas.

A escada, talvez a única com placa de identificação em BH, foi construída porque o lugar era um barranco, que no período chuvoso se transformava num grande lamaçal. “Era uma verdadeira aventura subir e descer sem se sujar ou escorregar na lama que se formava”, lembra Honório.

O comendador tem muito do que se orgulhar. A idade não é empecilho para a labuta. Até hoje ele trabalha na Coteminas, empresa do ramo têxtil, fundada pelo ilustre amigo José Alencar (1931-2011), ex-vice-presidente do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *